Resoluções de Ano Novo.. Sim ou não?

Muita gente gosta de fazer resoluções para o novo ano. Eu só recentemente é que comecei a adoptar essa prática.. Talvez antes os meus objectivos e ambições fossem demasiado simplistas – passar de ano (escolar), etc..

Com o passar do tempo, vamos tendo cada vez mais objectivos que queremos atingir.. Posso dizer que a minha lista de tarefas do Gmail está cheia de coisas à espera de obter o maravilhoso visto =D

Há pessoas que dizem que fazer resoluções faz baixar a auto-estima, uma vez que ao terminar o ano e não tendo conseguido atingir os objectivos, a pessoa sente-se quase que inútil.. A minha solução é não fazer objectivos irreais (Ser Feliz..lol) e para cada um dos objectivos específicos dar um prazo..

Acho que prazos são tudo.. Normalmente para trabalhos da faculdade, tendo a procrastinar até ao último momento possível (excepto quando gosto do trabalho) e faço tudo em cima da hora.. E depois quando termino a tempo, sinto-me muito melhor por saber que consegui executar a tarefa. Muita gente faz isso.. Ou é por falta de interesse no objectivo, ou por esquecimento, ou pela adrenalina de não se saber se se vai conseguir terminar a tempo ou não..

Mas nos meus próprios objectivos, se houver um prazo estipulado por mim, sinto-me muito mais compelido a tentar atingi-lo e sinto-me muito mais bem-sucedido depois.

Uma das minhas práticas num projecto qualquer é dividir a tarefa em imensos micro-objectivos. Por exemplo: Em vez de “1 – Fazer Interface”, ponho talvez:
1 – Imagem de Fundo da Interface
2 – Ícones para as acções
3 – Menu Inicial
4 – Menu Opções
5 – Menu Novo
6 – Menu Continuar
7 – Menu Editar
Etc.. Acho que assim é muito mais satisfatório. Ao ir de vez em quando à lista e podermos riscar alguns dos objectivos temos muito mais motivação para continuar com o resto. Enquanto que se forem objectivos muito amplos ou ambíguos, é sempre mais complicado.

Então resoluções para este ano..Vamos ver..
– Terminar os 3 programas que ando a desenvolver
– Criar um site para esses programas
– Distribuir pelo menos um deles
– Deixar de comer os poucos produtos de origem animal que ainda consumo =/
– Aprender PHP e CSS
– Continuar o livro que estou a escrever
– Terminar o Projecto Sem Título (não depende só de mim)
Ok.. acho que chega.. Para o ano, escrevo a dizer como correu =D

Fiquem bem, bom ano e boas resoluções ;D

Sobre Ricardo Jorge

Citizen of the Internet, blogger and aspiring game developer.
Esta entrada foi publicada em Blog, Sem categoria com as etiquetas , , , , , , , , , , . ligação permanente.

5 respostas a Resoluções de Ano Novo.. Sim ou não?

  1. D. Leal diz:

    Pois é Ricardo, fazer a vida por objectivos é a melhor maneira de nos organizarmos e seremos felizes, continua assim😉

    P.S – Consumista :p (telemóveis de topo)😮 ..

    A parte de não comer os bichinhos faz-me pensar ainda hoje, uma decisão inteligente e corajosa! Ando a ver se arranjo maneira de te seguir os passos, mas é difícil, admito…

    • A parte do telemóvel não é só por prazer.. é que Android é um sistema operativo espectacular e gostava de desenvolver aplicações para lá =D

      Yah, acho estranho as pessoas comerem animais desde crianças e nem pensarem muito no assunto.. é como se lhes tivessem feito uma lavagem ao cérebro..

      Obrigado pelo comentário

  2. Raquel Silva diz:

    Lá estás tu com as lavagens ao cérebro…😛
    O facto de comermos animaizinhos não significa que temos sofrido uma lavagem ao cérebro, mas tem a ver com a nossa cultura e com coisas que adquirimos no nosso processo de socialização, que nos fazem agir, quase que automáticamente, pois achamos isso “normal”…

    Não vou dizer como D.Leal, que te vou seguir os passos, pois acho que não seria capaz de tal coisa, mas respeito as tuas opções e tu sabes disso, acho eu😛

    Continua a escrever que o ppl gosta de ler😛

    ahhhhhh e comentário não seria comentário sem o verdadeiro “tu consegues ”😛 loooll

    beijinhos ****

    • O simples facto de estarmos habituados a uma coisa porque é o que nos ensinaram toda a vida constitui uma lavagem ao cérebro..
      Como o facto de a maior parte das pessoas considerarem que as mulheres magras é que são belas enquanto que até ao século 18 eram as “outras” consideradas belas, uma vez que a gordura delas mostrava o nível social.. Isso não é uma lavagem ao cérebro?

  3. Raquel Silva diz:

    Isso das gordura não é uma lavagem ao cérebro, mas sim uma visão que começou a parecer ligada ao consumismo e às modas…
    Se as modelos não começassem a ser esqueléticas ninguém ia ter essas ideias da magreza, até porque actualmente já não há poucas mentalidades assim, cada vez mais cada pessoa se aceita como é…

    Mas vah, para não te estar a contrariar a 100% vou considerar que seja uma pequenina lavagem cerebral…. a qual, pra mim não tem significado algum…
    Pois acho que cada pessoa devia de gostar de si como é e não andar com ideias idiotas e peregrinas para parecerem modelos e assim, até porque assim só se prejudicam….

    Mas em relação aos animais e às lavagens cerebrais não te vou refutar porque sei que sempre que o fizer tu o farás por cima e nunca ganharei😛

    eheheh

    beijinhos****

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s