Sobre mim

Chamo-me Ricardo Jorge e sou um habitante da Internet.

Micro-Biografia: Sou um estudante de engenharia informática do Porto (Portugal). Gosto de: ler, escrever, desenhar, ouvir música, ver filmes e séries, navegar na net, youtube, computadores, telemóveis, jogos, animais, plantas, programar, cozinhar, andar de bicicleta, discutir tópicos do meu interesse, etc. Não gosto de.. wow, isto é bem mais difícil que os gostos.. Acho que vão ter que ir descobrindo isto à medida que lêem o blog..

Eu sempre fui contra as relações unidireccionais, em que uma das entidades apenas dá e a outra apenas recebe. Por isso, desde que comecei a deambular pela internet que sempre quis contribuir com alguma coisa. Por isso tento sempre comentar no conteúdo que me parecer apropriado, subscrever, classificar, etc.

Eventualmente isso deixou de ser suficiente, por isso criei o meu site de arte digital, o qual considero demasiado formal e que me dá demasiado trabalho para aproveitar verdadeiramente a experiência. É quase como um emprego em que tenho que pagar para desempenhar (yah, o alojamento dele fica uns 40€ por ano).

Como a vontade surgia para fazer mais conteúdo, sem todo o esforço e limitações, criei o que já andava a pensar aos anos.. um blog.

A ideia de ter um blog sempre me pareceu estranha, de certa forma.. Parecia algo quase irreal, tal como ser escritor, designer ou pintor. Sempre admirei o facto de eles precisarem de ter a imaginação deles sempre disponível e conseguirem fazer coisas espantosas diáriamente.. Bem, acho que vou ter que fazer o mesmo a partir de agora.

A frequência de artigos no blog – uma vez que não tenho falta de assuntos – vai depender apenas da relação ( pressão psicológica + vontade de escrever)÷inércia.. Nos dias em que o resultado for superior a 1, há um artigo novo, nos outros dias, não. Isto até ao dia em que descobrir como igualar a inércia a 1, porque assim ia.. Ei, eu não preciso de explicar matemática aqui.. Mas basicamente é isso.. Os extremos dependem apenas da inércia.. Quando for muito baixa, vão haver artigos com tanta frequência que nem vou conseguir respirar, e quando for muito alta, a pressão psicológica vai-me esmagar.

Vêem? Quem disse que blogar não era perigoso? Posso morrer.

Ah, eu quero eventualmente ser um criador de jogos e criar uma empresa disso, por isso é provável que encontrem aqui coisas relacionadas com isso..

Agradeço os comentários, e se puderem, ao comentar, escrevam o link para o vosso blog ou site para eu ir lá retribuir a visita também. Como eu disse, sou contra relações unidireccionais =D

Obrigado por estarem desse lado, porque eu, sem dúvida que gosto de estar deste

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s